Como gerenciar projetos parte 1

Neste post vamos te ajudar a organizar e pensar em como gerenciar projetos da sua empresa de uma forma mais estruturada para conseguir melhores resultados.

Ordem de execução

Existem algumas situações que acontecem nas indústrias como dar o preço final do produto sem antes saber os custos, divulgar um prazo sem saber se iria de fato ser esse o prazo, entre outras situações.

Temos que parar pra pensar de forma estruturada como gerenciar projetos. É preciso pensar em todos os pontos que podem interferir no custo antes de passar o valor do produto.

Separar em etapas

Para gerenciar projetos podemos estruturar tudo em 3 etapas:

O que realizar?

  • Parceiros
  • Escopo
  • Qualidade
  • Riscos

Como realizar?

  • Tempo
  • RH
  • Aquisições
  • Gastos

Como gerir?

  • Integração
  • Comunicação

Ps.: É comum que depois de analisar os riscos, precise adicionar um parceiro. Mas é importante iniciar e criar uma sequência a ser seguida.

O que realizar?

Parceiros: Identificar a equipe

E é aqui que tudo se inicia, quando distinguimos os parceiros. Para começar é preciso incluir todo mundo que está envolvido com o projeto.
É interessante então reunir todos, mostrar o projeto e pesquisar requisitos dos clientes. Estamos falando de engajamento, é super importante que todos estejam alinhados e com vontade de executar.

Escopo: definição do objetivo

Como é de se imaginar, essa é uma das fases mais importantes de todo projeto, seja ele qual for, que é a definição do escopo.
Muitas pessoas acham que não é importante definir o que NÃO está dentro do escopo, mas essa parte é tão importante quando a parte de definir o que está dentro do escopo. Isso por que podem gerar algumas complicações mais pra frente caso as coisas que não estão dentro não estejam claras.

Qualidade: definição do que é qualidade

O que é qualidade para você pode não ser pra outra pessoa, cada um tem um jeito diferente de medir a qualidade das coisas.
Tem gente que analisa pela resistência, outros pelas matérias primas usadas, outros pela durabilidade… e essa é uma lista sem fim. Por isso, é preciso definir o que é qualidade para a empresa para poderem realizar os testes de qualidade seguindo o que estruturaram.
Consegue perceber a diferença que faz ter essas etapas estruturadas?! Uma depende da outra para ser executada!

Riscos: previsão de riscos

Na etapa de riscos é preciso antecipar o que pode dar errado antes da execução do projeto para dar tempo de fazer algo a respeito. E nem é preciso dizer o quão importante isso é né?!
E não só perceber os erros, mas também perceber o que pode melhorar e se tornar algo mais atrativo.

Essa foi a primeira parte sobre gerenciar projetos, mas temos também a parte 2. Caso queira continuar lendo, clique aqui.

 

Conheça nossos produtos para automação industrial:

Acelerador de torno
Alimentador de barras
Supervisório fabril

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *