Planejamento e controle de produção

O planejamento de controle de produção tem 2 objetivos na indústria:
1- Diminuir os gastos
2- Aumentar a eficiência

Existem custos envolvidos em todas as etapas da produção, isso não é novidade. Por esse motivo, é de extrema importância prestar atenção no gerenciamento de estoque, planejamento de compras e na previsão dos prazos da produção.

Uma das ferramentas utilizadas é o MRP (Planejamento das Necessidades de Materiais). Nada mais é que um sistema de ajuda o time de PCP (Planejamento de Controle da Produção) a deixar os estoques e matéria-prima em níveis bons para que a produção não pare por não ter material.

O sistema calcula a necessidade de componentes no futuro com base no planejamento de produção. Sendo assim possível para o departamento de compras conseguir um número de material bom. Sem comprar muito e nem pouco, apenas o ideal para manter a produção sem ter problemas. Possibilita também que a empresa disponibilize em momentos variados, vários tipos de materiais. Assegurando assim que os produtos serão entregues no tempo certo!

Uma outra ferramenta é o PMP (Plano Mestre de Produção). Consegue-se com essa ferramenta uma percepção detalhada de como gerir o processo. Tendo como propósito mostrar se a empresa vai ou não ser capaz de cumprir o prazo de entrega estipulado para o cliente. Faz o cálculo das necessidades finais com base nos itens que serão produzidos e quando serão produzidos.

Desenvolver a programação, planejamento e o controle de produção podem ser tarefas bem complicadas. Por isso, é necessário utilizar softwares pra ajudar e facilitar a comunicação dos dados e logo, aumentar a eficiência.

Utilizar softwares é super comum, mas muitas empresas ainda não conseguem fazer com que o que acontece no chão de fábrica seja transmitido fielmente nos softwares, o que pode atrapalhar o trabalho do time de PCP. Isso ocorre por que os softwares necessitam ser alimentados a todo momento pelos operadores para transmitir o que está acontecendo. Assim sendo, alimentar o software acaba ficando em segundo plano no trabalho do operador, dado que a produção e operação das máquinas é visto como mais importante.

Pra diminuir a necessidade de ter um humano constantemente alimente os softwares, é preciso usar conceitos e ferramentas de automação industrial. Ela (a automação industrial) vem tomando força na indústria a cada dia mais, ela pode dar uma noção realista de tudo que acontece no chão-de-fábrica para o tomador de decisão.

Boa parte dos equipamentos e máquinas hoje em dia são automatizados utilizando CLPs (Controladores Lógico Programáveis) e/ou sistemas supervisórios. Eles tem a capacidade de fornecer quaisquer informações de operação e processos que forem preciso. O PCP tem um aumento significativo no desempenho quando essas informações alimentam as ordens de produção.

O time consegue acompanhar em tempo real e corrigir qualquer coisa que for necessária, tendo assim, uma melhor performance.

 

Cada dia que passa essa área empresarial fica mais concorrida, e para as empresas conseguirem se destacar é essencial fazer o planejamento e controle de produção. Fazendo essas coisas, a empresa diminui os custos, melhora a performance e melhora também a eficiência. E claro, é preciso sempre se renovar e melhorar!

 

Conheça nossos produtos para automação industrial:

Acelerador de torno
Alimentador de barras
Supervisório fabril

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *